Um compromisso com o futuro.

Home

A Ecolog é uma empresa nacional especializada em extração de madeira nativa da Amazônia de forma ecologicamente correta, socialmente justa e economicamente viável.

A reserva da Ecolog fica em Rondônia, a 240 quilômetros de Porto Velho, e tem um plano de manejo florestal sustentável aprovado pelo Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente de Rondônia (Sedam/RO).

O diferencial desse processo de extração da madeira é ele gera renda na floresta e ao mesmo tempo contribui para a preservação da Amazônia. Hoje, mais de 80% da madeira extraída na Amazônia vem de retiradas ilegais. A extração de árvores através do manejo florestal é um dos caminhos para mudar essa realidade e também é a única opção capaz de multiplicar os valores ambiental, social e econômico da floresta.

A madeira disponível para venda em Itu, SP, extraída conforme plano de manejo florestal, tem a Cadeia de custódia certificada pelo Forest Stewardship Council®, o FSC®. Desta forma os consumidores de madeira certificada também ajudam a preservar as florestas tropicais do mundo.

 

O MANEJO FLORESTAL

Toda extração de madeira feita pela Ecolog acontece a partir do manejo florestal responsável da floresta. Esse processo não exige o plantio de árvores. O manejo florestal é uma técnica de corte ambientalmente correta na qual a porção da floresta onde as árvores são extraídas é dividida em vários pedaços, conforme o tamanho da área, chamados de módulos ou talhões. Cada porção é explorada por um período de até um ano com a coordenação de um engenheiro florestal. Antes da retirada das árvores esse técnico inventaria todos os indivíduos que existem no local e indica quais podem ser cortados. Somente os indivíduos que já completaram seu ciclo de vida e deixaram descendentes são retirados. Desta forma a floresta pode se regenerar e manter sua biodiversidade. Após a primeira retirada, a área já explorada permanece intacta por 25 anos. Durante esse período a mata recupera suas características originais. O manejo florestal quase não gera impacto na floresta. Em uma área de um hectare, com cerca de 300 árvores, apenas dois indivíduos são extraídos.

As áreas de alto valor de conservação são mantidas intactas. Essas porções não são exploradas em nenhum momento do manejo. Elas são identificadas no plano de manejo como refúgio de animais silvestres ou locais onde existem espécies raras de flora, como o mogno e a castanheira.

Subir